Portal de procurados pede ajuda a população

Recompensa de Mil Reais por informações que possam levar a captura do foragido

Ronieri da Silva Rocha - Por tráfico de drogas e condutas afins
Ronieri da Silva Rocha – Por tráfico de drogas e condutas afins

Ronieri da Silva Rocha, o Roni, de 33 anos. Ele é acusado de tráfico de drogas na Região Serrana, e já é considerado foragido da Justiça. Ele realizava postagens de fotos de armas na página do Facebook para coagir os moradores da região.




Na tarde do último sábado, 02/02, agentes da distrital receberam informações de que Ronieri estaria em via pública vendendo entorpecentes e armado na Comunidade de Vista Alegre, em Araras, 2º Distrito de Petrópolis, no Estado do Rio de Janeiro. Uma equipe se dirigiu até o local indicado na denúncia com objetivo de prendê-lo.

Chegando ao local uma equipe, coordenada pela Delegada Titular da 106ª DP, Drª Juliana Ziehe, abordou dois suspeitos, sendo um deles, com grande quantidade de maconha. Ambos foram conduzidos para delegacia para apreciação da autoridade policial que determinou a prisão em flagrante de ambos.

Logo em seguida, cerca de duzentos metros a frente, onde os agentes prenderam os dois homens, eles avistaram Ronieri, e quando a equipe desembarcou para efetuar a abordagem, Roni sacou de uma arma e atirou contra os policiais. Houve troca de tiros entres os agente e procurado.

Mesmo ferido na perna, ele conseguiu fugir, deixando sua arma caída no local. Ele responderá por porte de arma de fogo.

Contra ele constam três mandados de prisão, expedido 2ª Vara Criminal da Comarca de Petrópolis, sob nº 0026678-75.2018.8.18.0042, pelo crime de Tráfico de Drogas e Condutas Afins ( artigo 33 ? Lei 11.343/063), sendo duas Prisões Temporárias e uma Preventiva.



Ajude a Polícia.

Quem tiver informações sobre Ronieri da Silva Rocha , bem como sobre esconderijo de armas e drogas, podem ser repassadas de forma anônima pelo Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados, no telefone (21) 98849-6099; pela Central de Atendimento, no (21) 2253-1177; através do Facebook; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ.

Fonte: Portal Procurados