Acusada de matar a mãe, revela em audiência que fez outras tentativas antes
Casos Policiais

Acusada de matar a mãe, revela em audiência que fez outras tentativas antes

Nova audiência será marcada para decidir se a

jovem e o namorado dela vão a júri popular.

Acusada de matar a mãe, revela em audiência que fez outras tentativas antes
Acusada de matar a mãe, revela em audiência que fez outras tentativas antes

A jovem acusada de matar a própria mãe asfixiada em Petrópolis, Paloma Vasconcelos, foi ouvida durante uma audiência no fórum de Itaipava nesta quarta-feira (10). Paloma Vasconcelos revelou que já havia tentado matar a mãe outras vezes. A audiência começou por volta de 14h30 e durou cerca de 10 horas.

Paloma disse que tentou envenenar a mãe colocando uma substância no vinho que ela costumava tomar e chegou a pagar R$ 4 mil reais em um ritual de magia negra para que a mãe morresse.

A vítima não morreu envenenada porque percebeu um sabor diferente no vinho e não tomou a bebida.

Gabriel negou durante a audiência a participação no crime mas, no final, disse que participou apenas da ocultação do cadáver.

Gabriel Molter, namorado de Paloma, também é acusado de participar da morte da empresária Dircelene Botelho Garcia, de 51 anos.





Diante as novas informações, o juiz decidiu marcar uma nova audiência para decidir se os acusados vão a júri popular. A data da nova audiência ainda não foi definida.

O crime aconteceu em outubro de 2018 e chocou a cidade.

Imagens gravadas por uma câmera que estava instalada dentro do quarto da vítima mostram Paloma e Gabriel dentro do cômodo usando luvas, um estetoscópio e mexendo no corpo da vítima.

O equipamento foi colocado no quarto porque o padrasto e a mãe de Paloma desconfiavam que estavam sendo roubados